Investimento público atinge menor nível em 50 anos

dinheiro.jpg

O governo ilegítimo de Michel Temer (MDB-SP), assim que assumiu o governo por meio de um golpe de Estado, aprovou o congelamento dos investimentos públicos por 20 anos. Assim, por meio da PEC do Teto dos Gastos, fez o Brasil regredir 50 anos em apenas dois anos de governo.

Recursos responsáveis pela manutenção e melhoria na qualidade dos serviços ofertados pelo Estado à população, como saúde e educação, caíram para 1,17% do PIB, o menor nível em 50 anos.

Dados fiscais divulgados pelo Tesouro Nacional mostram que os R$ 76,9 bilhões aplicados pelo governo no ano passado não foram suficientes sequer para manter a infraestrutura pública existente.

A situação é tão grave que, no ano passado, o dinheiro empregado pelas três esferas de poder (federal, estadual e municipal) não garantiu nem a conservação de estradas, prédios e equipamentos que pertencem ao poder público.

Sindicato dos Bancários de Petrópolis.