Fenaban afirma: “Bancos pagam muito e lucram pouco”

20160826-banner.jpg

Foram argumentações desse tipo que federação dos bancos levou à rodada de negociação de quarta 24; Comando rebateu e informou que dia 29 quer proposta concreta que atenda às reivindicações dos bancários

Os bancos estão em outro mundo. Na rodada de negociação realizada em 22 de agosto, os representantes do BB, Caixa, Itaú, Bradesco e Santander, que compõem a mesa da Fenaban, tentaram defender o indefensável: que o setor não é o mais lucrativo do Brasil e mesmo assim paga excelentes salários, que não têm alto grau de risco para a saúde e não adoecem seus funcionários.

Diante do exposto, o Sindicato está propondo uma “vaquinha” para ajudar os bancos. “Os bancos estão de brincadeira, então vamos brincar também. Choram de barriga cheia”, critica a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira, uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários. “Nas negociações dias 18 e 19 [de agosto] provamos com dados que o setor, mesmo na crise, segue lucrando muito. Pode pagar mais aos seus trabalhadores e parar com as demissões que já extinguiram 6.785 postos de trabalho somente nos seis primeiros meses deste ano. O que eles tentaram nessa rodada é provar o impossível, mas os números não mentem” (veja abaixo).

20160825 nenhum direito a menos 1

20160826 reivindicacoes3

20160826 reivindicacoes4

Fonte: Seeb SP com Contraf/Cut

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *